O que é Stellar? O guia completo

que es stellar Bitnovo
9 min read

Se ainda não sabe o que é o Stellar, gostaria de lhe falar sobre esta plataforma descentralizada open-source que liga as pessoas aos bancos e outros sistemas de pagamento.

O Stellar foi criado com o intuito de facilitar as transações através das fronteiras e torná-las mais rápidas, baratas e seguras. Embora seja verdade que muitas criptomoedas nasçam com esse objetivo, hoje vamos analisar o que torna o Stellar diferente do resto.

É fundamental esclarecer a diferença entre Stellar e Lumens, uma vez que há muita confusão no ambiente cripto. Por um lado, “Stellar” é o nome do projeto e, por outro, “Lumens” são as criptomoedas nativas de Stellar.

Projeto Stellar

Este protocolo descentralizado de código aberto designado por Stellar permite a execução de transferências de moeda fiduciária para criptomoedas e vice-versa.

O objetivo é permitir aos utilizadores efetuar transações internacionais de forma fácil, segura e rápida entre qualquer par de moedas.

O nascimento e crescimento deste protocolo é impulsionado por uma organização chamada Stellar Development Foundation, uma organização sem fins lucrativos.

Ao contrário da blockchain
de Bitcoin, a blockchain de Stellar não foi concebida para ser utilizada como um meio de pagamento direto. Ao invés, destina-se a ser um intermediário na conversão de moeda.

Muitos colocaram a Stellar como concorrente da Ripple (XRP) e é verdade que os dois projetos partilham muito da mesma missão e visão.

Como funciona Stellar?

O principal objetivo, como anteriormente dissemos, é o de tornar os pagamentos mais fáceis, mais rápidos e mais seguros para os utilizadores. Estes pagamentos são emitidos através de “Âncoras” que funcionam como uma ligação entre qualquer moeda e a rede Stellar. Um dos dois procederá à troca do débito por crédito ancorado na rede. Como resultado do seu depósito ser-lhe-á concedido um crédito na sua carteira que poderá enviar e receber entre os participantes da rede.

A rede Stellar tem a vantagem de apoiar um modelo de troca distribuída. Isto significa que mesmo que um utilizador tenha um crédito em euros, pode enviar noutra moeda como o dólar americano. Isto deve-se ao facto de a plataforma se encarregar da conversão monetária automaticamente e com as melhores taxas disponíveis. Estas transações são muito mais rápidas do que a Bitcoin, pois demoram apenas 5 segundos de verificação.

Não só pode trocar o seu crédito como também retirá-lo em dinheiro fiat em instituições financeiras parceiras, tal como bancos.

História de Stellar

Interessantemente, uma das pessoas responsáveis pelo lançamento deste projeto é Jed McCaleb, fundador de um dos maiores e mais controversos serviços de câmbio na história das criptomoedas: Mt. Gox. Jed é também um co-fundador da Ripple (XRP).

Ele, juntamente com a advogada Joyce Kim e Matt Mullenweg (desenvolvedor web e criador do WordPress), criou o projeto Stellar em 2014 e pouco depois Patrick Collison (CEO da Stripe) ajudou a lançar a Stellar Development Foundation.

Matt Mullenweg Bitnovo

Matt Mullenweg, criador do WordPress, a plataforma sobre a qual estou a escrever estas linhas.

Justamente em julho de 2014, a Stellar foi oficialmente lançada, com um investimento inicial de Stripe por 3 milhões de dólares. Além disso, o projeto levou a um ICO (Initial Coin Offering) que veio a aumentar um valor para perto dos 40 milhões de dólares.

Progressivamente, os intercâmbios começaram a listar a Stellar nos seus portais e em janeiro de 2015 havia mais de 300 mil contas de utilizadores registadas na plataforma Stellar.

Durante maio de 2017, a Stellar lança o ramo comercial da empresa chamada Lightyear. Alguns meses mais tarde é criado o Programa de Bolsas da associação Stellar, com o qual foram concedidos mais de 2 milhões de Lumens a parceiros para desenvolver diferentes projetos.

No ano seguinte, durante 2018, a Lightyear adquire a Chain, Inc. e a fusão destas duas empresas cria a Interstellar (não, não estamos a falar do filme de Christopher Nolan, embora também recomendemos que o veja).

Hoje em dia, a Stellar é uma das plataformas de crescimento mais rápido no mundo financeiro blockchain, bem como regista melhorias constantes no desenvolvimento da tecnologia por detrás da mesma.

O que são Lumens?

A unidade monetária do projeto Stellar é o Lumens e neste preciso momento o preço dos Lumens situa-se entre 0,50 e 0,70 euros.

Esta cripto ocupa atualmente a décima-oitava posição no Ranking de Capitalização de Mercado da Coinmarketcap.

A Lumen é uma criptomoeda não-minerável e durante o início da fundação por detrás dela criou 100 mil milhões de tokens.

Ao longo dos anos, estes tokens de Stellar gratuitas têm sido distribuídas da seguinte forma:

– 50% a indivíduos aleatórios.
– 25% para empresas e organizações no ecossistema cripto.
– 20% para portadores de Bitcoin ou Ripple.

Os restantes 5% são utilizados para manter a rede operacional e continuar o seu desenvolvimento.

Como obter Lumens grátis?

Se quiser receber gratuitamente o cripto do projeto Stellar, pode recorrer às Faucets de Stellar. As faucets ou “torneiras” concedem pequenas quantidades de criptomoeda em troca da execução de tarefas dentro de um determinado site.

Muitas vezes essas tarefas são simplesmente visitar o site e clicar num link, por isso aqui estão algumas “torneiras” de stellar que o podem ajudar:

– Stellarfaucet.info
– EsFaucet
– Althub.club

Como sempre recomendamos no nosso blog, faça muita pesquisa e nunca dê informações sensíveis, como a sua “semilla de seguridad”, a pessoas desconhecidas.

Carteiras (Wallets)

Se decidiu comprar lumens, vai precisar de um lugar para os guardar e esse lugar chama-se uma carteira ou wallet. Nem todas as carteiras lhe permitirão armazenar os seus lumenes, pelo que lhe daremos algumas recomendações sobre as melhores carteiras para armazenar os seus lumenes.

Entre as carteiras online pode utilizar blockchain.com ou   Astral às quais pode aceder a partir da Internet. Por outro lado, se preferir levar consigo a sua carteira, tem a opção de Exodus.

Como última recomendação, temos uma full node walltet que é o Stellar Core, terá o controlo total dos seus fundos apesar de necessitar de muito espaço. Cabe-lhe a si escolher o melhor para si.

que es stellar Bitnovo

Stellar vs. Ripple

Ainda que estas plataformas concorram diariamente, têm diferenças fundamentais que as conduzem por caminhos separados.

  • Enquanto o Stellar visa um público não bancário, o Ripple quer criar parcerias com bancos ou serviços financeiros para criar uma rede de pagamentos e movimentar dinheiro a nível mundial.
  • Enquanto o Stellar permite a qualquer pessoa aceder à plataforma de uma forma descentralizada, o Ripple concentra-se nos bancos e grandes empresas
  • Não são todas as diferenças, uma vez que ambas têm uma distribuição simbólica bastante centralizada. O único detalhe é que enquanto a Ripple controla 60% do XRP existente, a Stellar controla apenas 30% dos Lumens em circulação.
stellar vs ripple Bitnovo

Como minerar Stellar?

Tal como lhe dissemos antes, Stellar não é minerável e não se pode criar Lumens (XLM) como se pode fazer na mineração de Bitcoin ou de Ethereum.

As formas de adquirir Stellars é comprar a um serviço de câmbio como Bitnovo, operando dentro da rede Stellar, ou através dos programas de doação da Fundação.

Onde comprar Stellar?

Se quiser saber como comprar Stellar ou onde comprar Stellar, é claro que vamos recomendar-lhe que compre Stellar na BitnovoE isto não é simplesmente porque estamos dentro do blog da marca, mas porque no Bitnovo é realmente uma forma muito fácil e rápida de o fazer.

Que lhe possa interessar…